Livros › 09/12/2016

Merton na Intimidade (Fisus, 2001)

merton-na-intimidade“Talvez o Livro da Vida, no final, seja o livro que cada um viveu. Se alguém não viveu nada, esse alguém não está no Livro da Vida. Eu sempre quis escrever sobre tudo. Não digo, com isso, escrever um livro que cubra tudo – o que seria impossível, mas um livro no qual possa entrar de tudo. Um livro com um pouco de tudo que se cria a partir de nada. E que tem vida própria. Um livro fiel, que já não vejo mais como um ‘livro’.”

(Thomas Merton, em 17 de julho de 1966)

 

Nestas memórias em forma de diário, composta das passagens mais pungentes e plenas de insights de seus diários, Merton na intimidade mostra-nos quão íngreme foi o caminho espiritual de Thomas Merton. Selecionada dos sete volumes dos seus diários pessoais, esta crônica de vinte e nove anos aprofunda e amplia a história que Merton contou, e que o fez famoso, em A Montanha dos Sete Patamares. Este livro é a autobiografia deste monge, a sabedoria ganha da experiência pessoal de um grande professor espiritual. Aqui encontramos Merton a nos contar os desafios maiores de sua vida, os seus confrontos com as hierarquias monásticas e da Igreja, sua interação com as tradições religiosas do ocidente e do oriente, e suas atividades em prol dos direitos civis e contra a guerra. Em Merton na intimidade vemos um escritor comprometido com a “arte da confissão e do testemunho”, na medida em que ele busca uma espiritualidade contemporânea, autentica e global.

Recontado desde os primeiros dias de Merton no monastério, até sua jornada para o Oriente para um encontro com o Dalai Lama, Merton na intimidade revela uma vida marcada pela ininterrupta busca de sentido, equanimidade e amor. Merton na intimidade captura a essência do que fez a sua jornada pela vida algo de relevância permanente.

Pode ser encontrado nas livrarias.

Para comprar pela Estante Virtual, clique aqui!

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.