Livros › 09/12/2016

Homem Algum é uma Ilha (AGIR, 1976 | Verus, 2003)

O relançamento de “Homem Algum é uma ilha”, de Thomas Merton, um dos mais influentes escritores espirituais do século XX, retoma uma obra clássica e atemporal. O autor, exaltado como profeta e crítico dos conflitos da sociedade contemporânea, escreveu o livro na década de 50, mas o tema não perdeu a atualidade.

Como precursor audacioso da promoção do diálogo ecumênico entre cristãos, Merton traz reflexões modernas e pessoais em busca do sentido da vida interior para que o homem encontre a si mesmo. Esta obra marcou a época de uma geração de intelectuais, leigos e religiosos, em razão das meditações sobre as urgentes questões sociais da nossa era.

Os temas são tratados de maneira simples e analisados por Merton com muita lucidez. Valores como a liberdade, a esperança, a caridade e a sinceridade refletem as verdades básicas que sustentam a vida do espírito. Entre os livros da autoria de Merton, “Homem algum é uma ilha” é um dos mais importantes. O termo “ilha” significa dizer que na vida só existe sentido quando se admite que nenhum homem é sozinho, que ninguém se basta a si mesmo e que todos dependem uns dos outros. O título foi inspirado no texto de John Donne: “Homem algum é uma ilha completa em si mesma; todo homem é um fragmento do continente, uma parte do oceano. A morte de cada homem me enfraquece porque sou parte da humanidade; assim, nunca perguntes por quem o sino dobra; ele dobra por ti” (meditação 17) “…Todo homem é parte de um continente, cada um é membro do Cristo e responsável pela vida de todo o organismo. É, pois, no plano do amor, tal qual ele aparece em Cristo, na Revelação, que se situa a perspectiva deste livro, e esconde-se a fonte de seu encanto.

Ganha ele, assim, as proporções de uma grande intuição cristã da vida, baseada, sem dúvida, na tradição dos Padres e da Igreja, mas expressa na rica experiência interior do próprio Autor, que possui para a sua mensagem um estilo decantado e um poderoso senso poético.”

Facilmente encontrado nas livrarias!

Para comprar um exemplar pelo site da Editora, clique aqui!

2 Comentários para “Homem Algum é uma Ilha (AGIR, 1976 | Verus, 2003)”

  1. maria do carmo dias disse:

    Boa tarde.
    Estou em Portugal – Lisboa e aqui qual a editora onde posso comprar livros de thomas Merton?
    Obrigada
    Melhores cumprimentos
    mcarmo

  2. fernando disse:

    Cara Maria do Carmo Dias,

    Não há uma editora específica para Thomas Merton. Procure nas várias editoras e livrarias em Lisboa, Veja os sítios das Livrarias lisboetas. Com certeza você achará. Tente também as editoras e livrarias católicas. Outra opção são as lojas de livros usados. (no Brasil se chama sebos. Não sei como se chamam em Portugal). Aqui no Brasil, atualmente, a maior parte da obra de Thomas Merton só se encontra em sebos. Um de nosso objetivos é mudar essa situação.

    Saudações

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.